Surfe e bela praia em El Tunco, em El Salvador

A água desponta clarinha lá longe, cresce em crista de onda e quebra numa espuma branca, arrastando num som impressionante blocos e blocos de pedras que disputam lugar com a areia. É assim em El Tunco, point de surfe e beleza em El Salvador. 
A praia é uma das mecas para surfistas de todo o mundo que buscam El Salvador não pelos vulcões ou pela rota das flores, mas por esse lado do Pacífico. A vista de El Tunco parece infinita. Assim como as pedras na praia, umas maiores do que as outras. E os grandes troncos de árvores por vezes trazidos pela maré forte. 

El Tunco fica a uns 40 km do aeroporto de San Salvador. O acesso é por uma estrada alternativa à que leva até a capital salvadorenha. Muitos turistas por isso nem chegam a entrar em San Salvador de fato. Pulam do aeroporto direto pra reta que conduz a várias praias. Além de El Tunco, está também San Diego e outras praias da região da Libertad e também da chamada Costa del Sol. Essa região da Libertad, aliás, é conhecida por ter as melhores ondas da América Central – comparadas às da J Bay, na África do Sul. 

Fomos a El Tunco na volta de Santa Ana, quase na hora de passarmos à seguinte parada da viagem (chegaremos lá). Um táxi do aeroporto custa entre US$30 e US$ 35. A hospedagem foi um pouco mais salgada: chegamos sem reserva e ali na hora escolhemos o Eco del Mar, com quarto com banheiro privado a US$ 44. Mas valeu demais.

El Tunco é um povoado pequeno e incrível. Hostels, pequenos hotéis e surf lodges são tomados por pranchas e sungas e biquínis pendurados nos parapeitos das janelas. 

A cidade tem diferentes momentos: de manhã cedinho e no fim da tarde, a praia é dos surfistas – e do mar, que bate forte e avança até quase os bares e restaurantes da pequena orla. Já quase na hora do almoço e início da tarde a praia é dos banhistas em busca de um mergulho. E locais dão aulas de surfe a estrangeiros.

À noite os estilos se misturam, e estrangeiros e salvadorenhos conversam em bares e dividem as experiências de viagem. El Tunco atrai muitos turistas mas também muitos nacionais. Vimos várias famílias nos restaurantes ou mergulhando na lagoa no fim da praia de tardinha. 

Se você surfa, é um destino super recomendado. Se não surfa, também. A praia tem seus momentos para mergulho, e El Tunco, ainda pequeno e preservado, vale a visita. Parece um El Salvador entre vários perfis possíveis do país.

Essa energia e alguns mergulhos eram o que precisávamos para seguir viagem. Próxima parada… Nicarágua!

Clique aqui para passar uma tarde em El Tunco

Palavra do dia: guanaco. É como são chamados informalmente os salvadorenhos. É também usado para se referir a algo típico do país: o café da manhã guanaco, por exemplo, tem feijão, ovo, pão, queijo e banana. Vale por um almoço. ; – )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s